Login to your account

Username *
Password *
Remember Me

Create an account

Fields marked with an asterisk (*) are required.
Name *
Username *
Password *
Verify password *
Email *
Verify email *
Captcha *
Reload Captcha
Redação

Redação

Concurso rainha da Festa de Barretos tem candidatas definidas.Leia Mais

Homem tenta matar ex-mulher com sete facadas em Pontal e desaparece. Leia mais.

 

Uma lavradora de 23 anos foi esfaqueada pelo ex-marido no centro de Pontal, na manhã desta segunda-feira (25).

Segundo informações da Polícia Civil, Roberto Jardim Santos golpeou a vítima com sete facadas, no pescoço e nas costas, enquanto ela dormia.

A Equipe de Controle de Vetores de Ribeirão Preto retirou quatro caminhões de lixo na casa de uma catadora de recicláveis, no Parque São Sebastião, na manhã desta segunda-feira (25).

imageGasolina deve ter menos Etanol para a economia da cana-de-açucar.Leia Mais

image Poste cai sobre carro e causa acidente com motociclista.Leia Mais

imageTamanduá-Bandeira queimado é resgatado em sítio em Taquaritinga.Leia Mais

RIBEIRÃO PRETO: As 266 famílias que, há dez dias, foram despejadas de um terreno no Jardim Aeroporto, em Ribeirão Preto, debaixo de cassetetes e bombas, e rapidamente invadiram outro terreno – também particular e já com pedido de reintegração de posse para ser julgado – montaram novos barracos, organizaram uma cozinha comunitária e montaram ali a célula do movimento que luta por uma moradia fixa.

Ex-moradores da Favela da Família começaram a dividir nesta quarta-feira (6) o terreno que ocuparam ao lado da Favela Leão, a 200 metros da área de onde foram retirados no dia anterior. Eles preparam o local, que é um campo de futebol em área também particular, para erguer novos barracos.

As famílias já montaram um barracão para guardar os pertences recuperados e as doações que não param de chegar. Pessoas de Ribeirão Preto e de várias cidades vizinhas levam para os desabrigados alimentos, roupas e colchões. Moradores da Favela Leão também ajudam com doações e emprestando o próprio banheiro, por exemplo.

A peça caiu da carroceria do veículo em uma curva e atingiu o homem que seguia atrás e morreu na hora

O aposentado Braz Ribeiro Teixeira, 63 anos, morreu após ser atingido por uma estrutura de ferro que caiu da carroceria de um caminhão, nesta quinta-feira (7), no cruzamento da avenida Monteiro Lobato com a rua Teófilo Braga, no bairro Vila Tibério, em Ribeirão Preto.

O motorista do caminhão José Antônio da Silva Neto, 57 anos, diz que fez uma curva em segunda marcha e não sabe o que aconteceu para a peça se soltar. Ao cair, a estrutura de ferro atingiu Teixeira, que estava de bicicleta e ia para a casa da filha.