Banner

Guia On-line


Guia Patrocinados

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

REFLEXÃO DE BOA VONTADE

PDFImprimirE-mail

Interrogação

REFLEXÃO DE BOA VONTADE


O Senhor do Futuro


Paiva Netto

A Intuição Divina é, em cada um de nós, a própria Razão do Criador. Por isso, quando efetivamente a cultivamos, o Senhor do Futuro nos avisa, com antecedência, a respeito dos fatos vindouros, pequenos ou grandes. Se O levamos a sério ou não, é outro caso.
Destaco da mensagem do Profeta Amós, em seu livro no Antigo Testamento da Bíblia Sagrada, 3:7, estas palavras que publiquei em As Profecias sem Mistério (1998): “Certamente, o Senhor Deus não fará coisa alguma sem primeiro revelar o seu segredo aos Seus servos, os Profetas”.
E essa mesma intuição nos mostra que significativos ideais não nasceram para poucos desafios. Por exemplo, o Ecumenismo dos Corações — aquele que nos convence a não perder tempo com ódios e contendas estéreis, mas a estender a mão aos caídos, pois se comove com a dor; tira a camisa para vestir o nu; contribui para o bálsamo curativo do que se encontra enfermo; protege os órfãos e as viúvas, como ensina Jesus, no Evangelho, segundo Mateus, 10:8 — é um planejamento resultante do Gênio dos gênios, Deus, para uma vida em sociedade mais fraterna e justa neste mundo. Porém, como escreveu o historiador John Lukacs: “As ideias só importam quando os homens as encarnam”.
José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. – www.boavontade.com


Reflexão de Boa Vontade

Tudo no mundo vai mudar

Paiva Netto

Como escrevi em “Que vença o Brasil!”, publicado na Folha de S.Paulo, em 8 de fevereiro de 1987:

(...) Em breve, os maiores nomes do rádio, da imprensa e da TV (e, diria hoje, da internet) estarão tratando das Profecias do Cristo com toda a seriedade e atenção, convocados pelo humano instinto de sobrevivência. Assuntos que hoje frequentam as primeiras páginas descerão a plano secundário. Tudo vai mudar no mundo inteiro, que evoluirá em função de Jesus, não mais em torno de interesses inferiores. Vivemos período de excepcionais transformações. Fim de século, de milênio e de um ciclo apocalíptico. Mas início de extraordinária época para este orbe. Como na maçã, que, mesmo quando podre, encerra futurosas sementes, nesse fim lateja o embrião de um início totalmente novo para a Humanidade. Preconceitos que separam os homens cairão, até mesmo dogmas da Ciência que ainda existem, como sempre existiram... Basta ver que o academicismo por séculos sustentou a doutrina absurda do geocentrismo... E ai de quem afirmasse o contrário!...

Geocentrismo egocêntrico
Aliás, o sistema geocêntrico nada mais simboliza do que um sistema egocêntrico: o homem a pretender que o Universo evolua em torno do seu ego... Quanta ignorância! Quanta pretensão!

A Divina Liderança de Jesus
O mundo inteiro pode soçobrar por força dos erros humanos, resultado consciente do afastamento das Leis Eternas. Contudo, para todo o sempre vigora a Divina Liderança de Jesus, pelos milênios reconhecida por aqueles que tiveram e têm “olhos de ver e ouvidos de ouvir”. Será mundialmente respeitada, neste final de ciclo e início de outro, por toda a Humanidade. Jesus está voltando! Quem viver verá!
Os Tempos chegaram!

José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor.
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. — www.boavontade.com


Lincoln, o prego e o reino

Paiva Netto

O Brasil precisa, mas precisa mesmo, agora mais do que nunca, da união de todos os seus filhos em torno de Deus. Sim, porque não há ideal maior que Deus. Na definição de João Evangelista (Primeira Epístola, 4:16), “Deus é Amor”. E toda criatura precisa do amparo divino.
Assim como o sangue, circulando pelo corpo, oxigeniza e alimenta as células humanas, o Amor, percorrendo os mais recônditos pontos de nosso Espírito, fertiliza-o e o torna pleno de Vida. As Almas sem Amor sucumbem na esterilidade, permanecem secas, quedam-se infrutíferas, até que concluam que somente o Amor Fraterno pode definitivamente alimentá-las, fortalecendo-as e transformando-as em verdadeiros dínamos.
Há quase vinte anos, recebi de Idenir Borges, de São Paulo/SP, esta página atribuída a Abraão Lincoln (1809-1865), o velho Abe, que diz assim:

“Porque um prego se perdeu, um ferro se perdeu. Porque um ferro se perdeu, uma ferradura se perdeu. Porque uma ferradura se perdeu, um cavalo se perdeu. Porque um cavalo se perdeu, um cavaleiro se perdeu. Porque um cavaleiro se perdeu, uma mensagem se perdeu. E porque uma mensagem se perdeu, um reino inteiro se perdeu. E tudo isso só porque um prego se perdeu”.

Então, lembrei-me de uma página que escrevi há muito tempo, para responder a uma pergunta, e que foi transcrita no livro de Mário Frigéri, Paiva Netto, o Comunicador da Solidariedade Humana (1986).

A importância de um parafusinho

P — Se sou tão pequenino, como posso sentir-me útil e ser realmente valioso no serviço em prol do meu semelhante?
Paiva Netto — Na Legião da Boa Vontade, meu amigo, você mesmo é que se promove, agindo da melhor maneira possível na tarefa que lhe compete fazer. Na LBV, não há trabalho humilhante. Todos os serviços são vitais. Se um parafuso na máquina não estiver devidamente ajustado, mais dia, menos dia, essa máquina ficará emperrada... Pode demorar um ano, dois... Se o pequeno parafuso estiver frouxo, começa a vibração excessiva, que vai relaxando outro, outro, outro... Quer dizer: aquele parafusinho tem uma função importantíssima naquela máquina, mesmo que o não pareça. Assim são os valiosos instrumentos humanos na grande máquina espiritual e social chamada Legião da Boa Vontade — essa extraordinária obra de engenharia moral e cósmica — e assim o deve ser na sociedade realmente civilizada. Não há mais departamentos estanques na Terra. Basta considerar que o que ocorre aos antípodas imediatamente repercute em toda a parte. Vivemos a era nuclear... Os que têm “olhos de ver e ouvidos de ouvir” são capazes de entender isto nesta hora apocalíptica: agora, mais do que antes, a definitiva promoção é a espiritual. Ensinou o Cristo: “Procurai primeiramente o Reino de Deus e Sua Justiça, e todas as coisas materiais vos serão acrescentadas” (Boa Nova, segundo Mateus, 6:33). A elevação espiritual, oriunda do nosso próprio esforço, deve preceder a promoção material. Quando isso se dá, a marcha é correta e duradoura. Reformar o ser humano depreende realizar todas as reformas com êxito.
Nossa grande tarefa na Legião da Boa Vontade e na Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo é valorizar o Espírito Eterno do ser humano — a obra máxima do Criador. A Esperança não morre nunca.

José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. — www.boavontade.com



Educação com Espiritualidade Ecumênica

Paiva Netto

A ausência de Solidariedade, de Fraternidade, de Generosidade tem suscitado grande defasagem entre progresso material e amadurecimento moral e espiritual. Daí o nosso fraterno alertamento: é hora de aplacar as paixões. Se, apenas como argumento, o Brasil não progredir, os maiores perdedores serão os brasileiros. Além do mais, é sempre hora de superar ressentimentos. Entretanto, não haverá Paz enquanto persistirem cruéis discriminações e desníveis sociais criminosos, provocados pela ganância, que, por meio de eficiente Educação com Espiritualidade Ecumênica, devemos combater. Se não optarmos por caminhos semelhantes, estaremos sentenciados à realidade denunciada pelo Gandhi (1869-1948): “A menos que as grandes nações abandonem seu desejo de exploração e o espírito de violência, do qual a guerra é a expressão natural e a bomba atômica, a consequência inevitável, não há esperança de paz no mundo”.

A solução está em Deus
Sempre um bom termo pode surgir quando os indivíduos nele lealmente se empenham. E isso tem feito com que a civilização, pelo menos o que andamos vendo por aí como tal, milagrosamente sobreviva aos seus piores tempos de loucura. A sabedoria do Talmud dá o seu recado prático: “A Paz é para o mundo o que o fermento é para a massa”.
Exato!
Há quem prefira referir-se ao espírito religioso, exaltando desvios patológicos ocorridos no transcorrer dos milênios. (De modo algum incluo nestes comentários os historiadores e analistas de bom senso.) Creio que essa conduta beligerante, que manchou de sangue a História, urge ser distanciada de nossos corações, por força de atos justos, porquanto maiores são as razões que nos devem confraternizar do que as que servem para acirrar rancores. O ódio é arma voltada contra o peito de quem odeia. Muito oportuna, então, esta advertência do pastor Martin Luther King Jr. (1929-1968), que não negou a própria vida aos ideais que defendeu: “Aprendemos a voar como os pássaros e a nadar como os peixes, mas não a arte de conviver como irmãos”.
De fato, o milagre que Deus espera dos seres espirituais e humanos é que aprendam a amar-se, para que não ensandeçam de vez, como na pesquisa para o uso bélico da antimatéria. O melhor altar para a veneração do Criador são Suas criaturas. Torna-se urgente que a Humanidade tenha humanidade.

José de Paiva Netto ― Jornalista, radialista e escritor.
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. — www.boavontade.com

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Banner
Banner

Cidade

Comunicado da Junta de Serviço Militar de Taquaritinga
Comunicado da Junta de Serviço Militar ...
Artigos escrito por Paiva Netto
Artigos escrito por Paiva Netto   Aid...
REFLEXÃO DE BOA VONTADE
REFLEXÃO DE BOA VONTADE ...

Utilidades Sociais

Formatura de licenciamento dos atiradores matriculados em 2017
No sábado (25), foi realizada a formatu...
Artigos para Reflexão por Paiva Neto
Fraternidade realizadora e direitos hu...
Precisando de Empréstimo Rápido e Fácil
MG Empréstimo Seguro  ...
Criança nota 10
Criança nota 10...

Gerais

Artigos Reflexão de Boa Vontade
Artigos para Reflexão por Paiva Netto...
Erradicar o trabalho infantil
Erradicar o trabalho infantil  por Pa...